Entre Histórias

Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Sejamos Todos Feministas é uma versão da palestra homônima, apresentada por Chimamanda Ngozi Adichie, durante o TEDxEuston em 2012. Publicado em 2015 pela Companhia das Letras, o livro traz ainda uma pequena introdução, onde a autora explica que houveram acréscimos ao texto original e conta um pouco de sua experiência na noite de seu discurso. Traz também uma breve biografia da autora e 3 pequenas resenhas de seus romances publicados: Hibisco Roxo, Meio Sol Amarelo e Americanah. Chimamanda nasceu em Enugu, Nigéria, em 1977. Mudou-se para os Estados Unidos ao completar 19 anos, onde formou-se em comunicação e ciência política e concluiu os mestrados de escrita criativa e estudos africanos. Sua primeira publicação foi uma coletânea de poemas, Decisions, em 1997, seguida por uma peça, For Love of Biafra, em 1998. Em 2003, publicou seu primeiro romance, Hibisco Roxo, bem recebido pela

Não Conte a Ninguém – Harlan Coben

Contos Fantásticos – Guy de Maupassant

O Alienista – Machado de Assis

O Alienista – Machado de Assis

Pode um homem, aficionado por uma ideia, enlouquecer? Simão Bacamarte escolheu sua esposa não por sua beleza ou simpatia. Homem da ciência, preocupava-se com o que era deveras relevante: D. Evarista reunia em si as boas condições fisiológicas e anatômicas para dar-lhe filhos robustos, sãos e inteligentes. Mas o destino tem de suas peças e, com o passar dos anos, Bacamarte conformou-se que este não lhe reservara uma continuação de sua dinastia. Mergulhou-se então na ciência, estudando cada um de seus recantos. Afeiçoou-se mais pelo psíquico, o estudo da patologia cerebral. Não tardou muito para que a ideia de reunir todos os dementes da cidade em um só lugar, para assim facilitar seus estudos, lhe permeasse a mente. Itaguaí ganhou então sua primeira Casa de Orates (casa de loucos, sanatório), a Casa Verde, transformando Simão Bacamarte em um respeitável e admirável alienista.

Visões da Noite – Ambrose Bierce

A Estranha Máquina Extraviada – José J. Veiga

Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie